Como a especificação aprimora o desenvolvimento do produto

Atlassian Por Atlassian
Buscar tópicos

Desenvolver novos produtos e funções pode ser um desafio por vários motivos, mas a falta de especificações claras do produto não precisa ser uma das razões. Essa primeira etapa crucial no processo de desenvolvimento do produto é o modelo que a equipe vai usar, da concepção e desenvolvimento da função ao teste e redação da documentação do usuário.

A importância de uma boa especificação do produto não pode ser subestimada. Ela ajuda todos na equipe a entender o que você está criando, por quê, o que deve alcançar para o cliente e como você vai medir o sucesso.

Ferramentas como o Jira Software oferecem templates e funções para integrar as especificações do produto ao ciclo de vida do desenvolvimento. Continue lendo para saber mais sobre as especificações de produto, por que elas são cruciais para as equipes de produtos e como redigir uma folha de especificações do produto.

O objetivo da especificação de produto

A especificação do produto serve como roteiro (ou modelo) para todos os aspectos do projeto durante o processo de desenvolvimento. Ela alinha a equipe e garante:

Funções e responsabilidades: lista os membros da equipe e as decisões pelas quais eles são responsáveis durante o ciclo de vida do desenvolvimento.

  • Escopo: é uma lista de funções e funcionalidades, principais indicadores de sucesso, riscos e suposições conhecidos, bem como funções excluídas quando apropriado.
  • Design do produto: simulações ou protótipos demonstram o fluxo de trabalho, a interface do usuário, os processos e a arquitetura de alto nível.
  • Planos de teste: descrevem métodos para testar o produto e lidar com informações pessoais.
  • Plano de lançamento: inclui atividades como treinamento para agentes de serviço, documentação e envolvimento da equipe de negócios.
  • Gestão: descreve as atividades contínuas de gestão, tais como fazer melhorias futuras e coletar feedback.

Embora os elementos da especificação de produto pertençam a diferentes membros, todos na equipe precisam concordar. A colaboração precoce e frequente mantém todos alinhados.

Por que a especificação de produto é importante para as equipes de produto?

Em todo projeto de desenvolvimento de produto, há potencial para mal-entendidos, desvio da finalidade de funções e divergências. Mas a realidade não precisa ser assim. Uma especificação clara de produto é uma referência comum para todos os membros da equipe multifuncional de produto e descreve as prioridades.

Ao alinhar o entendimento de todos sobre o que estão construindo, por que e como medir o sucesso, a especificação de produto ajuda as equipes a antecipar e se preparar para os desafios. Quando gerentes de produto, designers, engenheiros e outras partes interessadas trabalham com uma visão compartilhada, eles podem identificar obstáculos de antemão e melhorar a colaboração e a tomada de decisões.

O Jira Product Discovery oferece às equipes uma ferramenta centralizada para debater e organizar ideias. Ele ajuda a controlar o caos da geração de ideias com dados de suporte para priorizar as funções que causam mais impacto. Esses dados de suporte podem vir do feedback de clientes, tickets de serviço, relatórios ou vendas, sempre que você encontrar informações valiosas.

Com os roteiros personalizados do Jira Product Discovery, as equipes não precisam mais atualizar as informações em vários locais. Elas podem gerenciar tudo em um lugar, garantindo visualizações atualizadas do roteiro. Com o Atlassian Confluence, é fácil criar a especificação de produto com ferramentas colaborativas de criação. As equipes podem até mesmo criar murais de projetos para reforçar a visão de desenvolvimento em toda a empresa.

O que uma folha de especificações de produto inclui?

A folha de especificações de produto inclui informações sobre o escopo e a finalidade do projeto, como:

  • Resumo do produto: assim como o resumo executivo, descreve a necessidade (por quê), o produto como solução (o quê) e as funções do produto (como). Também inclui expectativas de longo prazo para o produto.
  • Caso de negócio: resumo focado na empresa de como o produto beneficia o negócio, quase sempre com foco em suas vantagens competitivas.
  • Histórias do usuário: equipes ágeis de produtos criam histórias do usuário com frequência. Elas descrevem o que o produto faz do ponto de vista do usuário: eu (atendente da loja) devo estornar algum valor do cartão de crédito do cliente.
  • Personas de usuário: descrevem o público para o qual você está criando o produto. Incluem informações demográficas, como o nível de sofisticação do usuário com a tecnologia.
  • Especificações técnicas: criadas pelos desenvolvedores para detalhar a arquitetura, as estruturas de dados, os procedimentos armazenados, os padrões e muito mais.
  • Especificações funcionais: uma lista de funções com as interações esperadas do usuário. Descrevem a sequência, as entradas e saídas do fluxo de trabalho. Também detalham como o usuário sabe quando obteve sucesso.
  • Esboços de design: simulações da interface do usuário ajudam a equipe a visualizar o produto final e como os usuários vão interagir com ele.

Como redigir uma folha de especificações de produto

Redigir uma especificação de produto dá trabalho, mas dá a clareza necessária para um projeto tranquilo. Você pode dividir o trabalho nas seguintes tarefas:

  1. Pesquisar: entenda o problema que função soluciona para o cliente. Analise as perguntas dos clientes, as solicitações de função, os dados de serviço e as reclamações.
  2. Definir o propósito: indique com clareza por que você escolheu essas ideias. Considere o problema do cliente que ele resolve e seus benefícios para a empresa.
  3. Descrever requisitos: documente com clareza os requisitos usando as histórias do usuário e o escopo do projeto para especificações funcionais e técnicas. O Confluence oferece templates de requisitos de produto que orientam as equipes nessa etapa crucial.
  4. Analisar o feedback: recrute clientes para testar protótipos e coletar dados sobre onde eles obtiveram sucesso, onde tiveram dificuldades, o que os satisfez e o que ignoraram.
  5. Finalizar e distribuir: refine a especificação de produto com base no feedback do usuário, obtenha a concordância da equipe e comece a desenvolver.

Implementar as especificações de produto com o Jira Product Discovery

Dedicar algum tempo para criar uma especificação clara do produto dá à equipe um modelo para o design, desenvolvimento, teste e lançamento desse produto. Também deixa todos alinhados sobre o que você está criando, por quê, como o cliente vai usar o produto e o que pode ser considerado sucesso.

O Jira Product Discovery oferece às equipes as ferramentas necessárias para gerar e priorizar ideias, definir funções e criar roteiros de produtos. Os templates do Confluence orientam as equipes nas tarefas importantes de definir requisitos funcionais e técnicos, simplificando o desenvolvimento de produto desde a concepção até o lançamento.

Especificação de produto: perguntas frequentes

Como as especificações de produto beneficiam as equipes de produto?

Todos na equipe de produto veem o trabalho do ponto de vista das respectivas funções. Uma boa especificação do produto dá uma visão holística de como o produto beneficia o cliente e a empresa, bem como uma compreensão compartilhada dos requisitos. Dessa forma, as equipes colaboras e se alinham com mais rapidez ao lidar com obstáculos ou divergências.

Como as especificações de produto afetam a qualidade do produto?

Especificações de produto bem definidas eliminam as suposições no desenvolvimento de produto. Eles garantem um acordo entre proprietários de produtos, clientes e equipes de desenvolvimento. Seguir as especificações produz desempenho consistente, funcionalidade previsível e durabilidade de um produto.

Como as especificações de produto aprimoram a colaboração?

Redigir especificações de produto é uma atividade colaborativa, pois cada equipe traz uma contribuição valiosa. As equipes devem trabalhar juntas para chegar a um acordo sobre ideias, funções, requisitos e planos de teste. Assim, todos os envolvidos ficam alinhados durante todo o ciclo de vida do desenvolvimento do produto.