Funções do produto: como definir e priorizar com eficiência

Atlassian Por Atlassian
Buscar tópicos

Entender e priorizar as funções do produto — as características distintas que agregam valor aos clientes e às partes interessadas — é essencial para criar roteiros de produtos. Elas ajudam a moldar a essência e o apelo do produto. Funções bem definidas afetam a fama de um produto no mercado e garantem a satisfação do cliente.

As funções do produto se referem àquilo que ele pode fazer. Já os benefícios são como essas funções melhoram a experiência do usuário ao resolverem pontos problemáticos ou facilitarem as coisas.

Este guia explica as diferenças entre funções e benefícios e mostra maneiras eficazes de decidir no que trabalhar primeiro. Essas informações ajudam a melhorar o processo de desenvolvimento, criando produtos que satisfaçam os clientes e atendam às metas da empresa.

O que é uma função do produto?

Funções do produto são as funcionalidades ou atributos exclusivos de um produto que agregam valor e utilidade aos usuários. Ao apresentar roteiros de produtos, essas funções se tornam os elementos fundamentais que moldam as propostas de valor de um produto. Elas são essenciais para aumentar o valor do produto e ampliar o apelo do mercado.

Definir e priorizar as funções do produto é essencial, ainda mais ao considerar a influência que têm nas necessidades do usuário e no cumprimento das metas de negócios. Ao avaliar esses aspectos com atenção, as empresas garantem que as funções do produto estejam alinhadas aos objetivos estratégicos e ao feedback dos usuários, o que enriquece a experiência geral do produto.

Como definir as funções do produto

Um gerente de produto lidera o processo colaborativo de definição das funções do produto. O bom gerenciamento do produto inclui fazer perguntas fundamentais que envolvam várias partes interessadas. Assim, as funções ficam alinhadas às demandas do mercado e aos objetivos da empresa.

Ao definir as funções do produto, considere as seguintes perguntas:

  1. Quem é o mercado-alvo?

    Essa pergunta avalia a demografia, como os usuários se comportam e os problemas que enfrentam. Ela ajuda a garantir a criação de um produto que atenda às necessidades e aos gostos específicos do público-alvo.
  2. Qual é o objetivo principal do produto?

    É ele que orienta o desenvolvimento de um produto. Os pontos de foco definem quais funções são essenciais para cumprir a promessa de um produto. Ele permite que a equipe de produto se concentre nas principais funcionalidades que atendem às necessidades e aumentam a satisfação do usuário, bem como se alinham ao posicionamento do produto no mercado. Serve para identificar os "itens indispensáveis" que vão agregar mais valor, não os "itens interessantes" que podem diluir a finalidade do produto.
  3. As partes interessadas deram feedback?

    Coletar dados de clientes, equipes internas e parceiros gera informações valiosas, ajudando a priorizar e melhorar as funções.
  4. Existem informações dos concorrentes?

    Analisar produtos similares ajuda a identificar lacunas de mercado e funções que se conectam aos usuários, fazendo com que o produto se destaque.

Responder a essas perguntas permite que os gerentes de projeto identifiquem funções importantes que atendam às necessidades do usuário, atendam ao objetivo principal do produto e proporcionem uma vantagem competitiva. Essa abordagem resulta em uma estratégia de desenvolvimento de produto bem pensada, aumentando o valor para o público-alvo.

Diferenças entre funções e benefícios do produto

É crucial que as equipes de marketing diferenciem as funções e os benefícios do produto.

As funções atuam como os pilares técnicos de um produto, abrangendo as funcionalidades, componentes e especificações técnicas. Os benefícios, por outro lado, traduzem essas funções em vantagens reais. Eles explicam como o produto resolve problemas específicos do usuário ou melhora a experiência do cliente.

Ao ligar as funções aos benefícios que elas trazem, as empresas podem criar mensagens de marketing direcionadas que informam e captam a atenção de possíveis clientes.

Ao fazer isso, elas comunicam uma proposta holística do valor do produto que apela aos processos racionais e emocionais da tomada de decisão dos consumidores.

Funções do produto x epic x história do usuário

No processo de desenvolvimento do produto, as funções do produto são epics ou histórias do usuário, que ajudam a organizar e executar projetos com mais eficiência.

Epics: a visão ampla

Epics funcionam como roteiros de alto nível que orientam equipes de desenvolvimento na direção de objetivos comerciais mais amplos. São um grande trabalho composto por várias tarefas menores ou funções do produto. Os epics resumem como várias funções colaboram para oferecer valor substancial.

Histórias do usuário: os pequenos detalhes

As histórias do usuário são muito mais granulares. Elas dividem as funções em tarefas específicas e descrevem como os usuários interagem com o produto. As histórias do usuário descrevem os requisitos e as funcionalidades individuais que orientam o trabalho dos desenvolvedores. Elas atuam como os blocos de construção que formam as visões mais amplas apresentadas nos epics.

Por que as equipes priorizam as funções do produto

O emprego de uma estrutura hierárquica de funções, epics e histórias do usuário garante às equipes de desenvolvimento de produtos um melhor controle sobre o escopo, as prioridades e a execução do projeto.

Essa abordagem hierárquica facilita a implementação metódica das principais funções que se alinham à visão do produto e às necessidades do usuário. Mas por que a priorização de funções é tão crucial?

Alguns dos motivos principais são:

  • Foco nas necessidades do usuário: priorizar as funções permite que a equipe se concentre no que os usuários querem de verdade, aumentando a satisfação do usuário e as taxas de adoção.
  • Alocação de recursos: com uma hierarquia de funções bem definida, fica mais fácil alocar os recursos certos para as partes mais importantes do projeto, otimizando o retorno do investimento.
  • Adaptação ágil: uma lista de funções priorizadas oferece flexibilidade. Se as condições do mercado ou o feedback dos usuários exigirem uma mudança, as equipes podem se adaptar com facilidade sem atrapalhar todo o projeto.
  • Gestão de prazos: priorizar tarefas importantes ajuda a definir cronogramas realistas, aumentando a probabilidade de entregar o projeto dentro do cronograma.
  • Garantia de qualidade: dar ênfase às funções prioritárias direciona os esforços de teste, resultando em um produto final mais resiliente.

A incorporação desses fatores, em última análise, orienta a equipe em direção a um processo de desenvolvimento mais eficiente e centrado no cliente.

Como priorizar com eficiência as funções do produto em um roteiro

Há várias maneiras de priorizar as funções nos roteiros de produtos, podendo variar de estratégias e templates ao papel essencial do Jira Product Discovery como uma ferramenta poderosa para equipes de produto. Algumas das principais opções incluem:

  • Utilização de recursos: compreenda o tempo, o orçamento e o pessoal disponíveis. Distribua esses recursos com sabedoria para obter o máximo retorno sobre o investimento para cada função.
  • Abordagem centrada no cliente: use métricas e dados qualitativos para discernir o que os clientes querem de verdade. Alinhe as funções às demandas dos clientes.
  • Avaliação comparativa competitiva: analise a concorrência e as tendências do mercado para identificar funções que vão dar ao produto uma vantagem competitiva.
  • Experiência do usuário: priorize as funções que atendam aos requisitos funcionais e garanta uma excelente experiência ao usuário.
  • Decisões baseadas em dados: garanta que as iniciativas do projeto sejam baseadas em dados confiáveis, tanto internos quanto orientados pelo mercado.

A importância da adaptabilidade

Em um ambiente que muda com rapidez, a adaptabilidade é uma necessidade. Garanta que seja possível adequar o roteiro conforme as condições do mercado e as preferências do usuário mudarem. Um template de roteiro de produto mantém todos, das partes interessadas aos desenvolvedores, no mesmo caminho.

O poder do Jira Product Discovery na criação de roteiros

O Jira Product Discovery traz estrutura, estratégia e funcionalidade robusta ao planejamento de produtos. Métricas, como valor comercial e custo de atraso, mostram dados concretos que informam a priorização e a tomada de decisões, revelando o impacto das funções do produto na estratégia geral e nos resultados financeiros.

O Jira Product Discovery permite que um gerente de projeto agregue e categorize ideias de funções com base no impacto e alinhamento com as metas do projeto. Usando um sistema de pontuação, o Jira Product Discovery ajuda a identificar as iniciativas que vão ter o maior impacto. Depois de priorizar, as equipes de produto podem criar roteiros personalizados e atualizados para compartilhar ideias.

Integração perfeita com o Jira Software

O Jira Product Discovery interage sem interrupções com o Jira Software, garantindo o alinhamento entre estratégia e execução e dando contexto e visibilidade completos em todo o ciclo de desenvolvimento do produto. Essa conexão é essencial para atender às expectativas das partes interessadas e às demandas do mercado, para que as equipes tenham um contexto completo, desde o início até a implementação.

Antes de lançar qualquer função, alinhe as partes interessadas usando um template de requisitos do produto para dar clareza.

Perguntas que os gerentes de projeto devem ter em mente

Ao priorizar as funções do produto, considere estas questões:

  • Quais são as prioridades relativas de cada iniciativa?
  • Qual é o impacto potencial no produto e na empresa?
  • Quantos recursos são necessários para cada iniciativa?
  • Há dados convincentes suficientes para prosseguir?
  • Qual é o cronograma?
  • Há alguma dependência a ser considerada?
  • Quais equipes vão liderar cada iniciativa? Elas têm a capacidade necessária?

Criação adaptável de roteiros para o sucesso a longo prazo

O Jira Product Discovery oferece funcionalidades dinâmicas para a criação de roteiros, permitindo ajustes em tempo real de acordo com as mudanças nas prioridades e condições. Ele garante que o produto permaneça competitivo e atenda às necessidades do cliente com eficiência.

Priorize melhor as funções do produto com o Jira Product Discovery

Compreender e priorizar com eficiência as funções é essencial para o desenvolvimento do produto. O Jira Product Discovery é um recurso vital para essa tarefa. Ele se integra por completo à plataforma Atlassian, facilitando um fluxo contínuo de informações entre gerentes de produto, desenvolvedores, profissionais de marketing e outras partes interessadas importantes. Essa abordagem prioriza as funções do produto para se alinhar aos objetivos mais amplos da empresa.

Em um mercado que exige agilidade e foco, o Jira Product Discovery dá às equipes de produto as ferramentas para priorização baseada em dados e criação de roteiros dinâmica. Descubra como o Jira Product Discovery pode ser um catalisador para o sucesso.

Funções do produto: perguntas frequentes

Por que o roteiro de funções é importante para o desenvolvimento do produto?

O roteiro de funções orienta a equipe de desenvolvimento do produto, conecta as partes interessadas e garante a coesão e a relevância do produto final para os usuários.

Quais são os desafios na gestão do roteiro de funções do produto?

Os desafios incluem:

  • Diminuição do escopo: é fácil as funções do produto se expandirem além da visão original. Focar os objetivos principais ajuda a manter o projeto no caminho certo.
  • Mudança de prioridades: conforme os mercados flutuam e o feedback é recebido, as prioridades podem mudar. É crucial permanecer adaptável, mas focado nas metas estratégicas.
  • Equilíbrio das necessidades: o equilíbrio entre as demandas atuais e as aspirações futuras é tênue. O equilíbrio exige a gestão hábil para garantir o sucesso a longo prazo.

Qual é a relação entre o roteiro de um produto e o cronograma do projeto?

O roteiro de produto define a direção estratégica a ser seguida. O cronograma do projeto, por sua vez, dá mais informações sobre o plano de execução do roteiro.