O que é gráfico de burnup e como criar um

Atlassian Por Atlassian
Buscar tópicos

Monitorar projetos não tem que ser complicado. Você precisa ser capaz de ver o que foi concluído e o que ainda precisa ser feito em uma rápida olhada.

Você pode usar um gráfico de Gantt para monitorar os projetos. E os gráficos de Gantt são ótimos para as metodologias de cascata e ágil, mas eles têm uma desvantagem. Eles são grandes e complicados, com muitas informações, e podem ser chatos de criar.

Uma alternativa melhor aos gráficos de Gantt são os gráficos de burnup. Mas o que é um gráfico de burnup e como você cria um?

Um gráfico de burnup mapeia o progresso do projeto ao longo do tempo em uma estrutura simples e clara. Com ele, a equipe verifica com facilidade o status das tarefas em um piscar de olhos. Nesta página, a gente vai falar sobre o que é um gráfico de burnup, por que você deve usar e como criar um para fazer a gestão ágil de projetos.

Captura de tela do gráfico de burnup

Definição de gráfico de burnup

Um gráfico de burnup é um roteiro que traça o trabalho em duas linhas ao longo de um eixo vertical. Uma linha indica toda a carga de trabalho do projeto. A outra retrata o trabalho concluído até agora. Quando você termina o projeto, as duas linhas se encontram.

Você pode usar as unidades de medida que preferir, como pontos da história, contagens de itens ou estimativas. O eixo horizontal representa a linha do tempo de todo o projeto.

Esses gráficos são ótimos se você estiver mergulhado em uma estrutura de gestão ágil de projetos. Eles são uma visão geral acessível e rápida. Você pode até mesmo criar gráficos de burnup no Scrum e no planejamento ágil para que você e a equipe continuem concentrados.

Por que usar um gráfico de burnup?

Veja alguns benefícios de usar um gráfico de burnup em projetos ágeis e de Scrum:

  • Indica o progresso com clareza: uma vantagem em relação aos gráficos de Gantt é que você pode ler gráficos de burnup em um piscar de olhos. Eles não são tão complexos ou confusos quanto um gráfico de Gantt. E, ao contrário do gráfico de burndown, o de burnup mostra o trabalho concluído em um gráfico ascendente com mais dados. Mostra o trabalho total e o trabalho concluído.
  • Facilita a previsão: os gráficos de burnup permitem que a equipe determine uma data aproximada de conclusão. Você pode trabalhar de trás para a frente para estabelecer as métricas do Scrum ou referências.
  • Destaca as alterações no escopo e gerencia a variação do escopo: ao contrário de um gráfico de burndown, você pode marcar com facilidade qualquer alteração no escopo e associar essa alteração ao progresso da equipe. Essa possibilidade ajuda a mitigar qualquer variação no escopo antes que ele saia do controle.
  • Permite a detecção precoce de problemas: os gráficos de burnup permitem mitigar os problemas antes que eles se tornem grandes dores de cabeça.
  • Oferece transparência para todos: os gráficos de burnup são mais fáceis de ler e facilitam a transparência total entre você e a equipe, ajudando a tomar melhores decisões sobre o projeto. Se você trabalha com clientes, a transparência é ótima para criar confiança.

Quando usar um gráfico de burnup

Gráficos de burnup são ótimos para projetos de Scrum e planejamento de sprint. Eles podem ser usados para fazer a representação visual dos sprints e ver todo o escopo do projeto. Então, você pode monitorar o progresso do trabalho concluído ou o que ainda precisa ser feito.

Captura de tela do gráfico de burnup

Gráficos burnup são úteis quando ocorre um desvio de escopo. Qualquer alteração no escopo pode acabar com a dinâmica de um projeto, em especial com fluxos de trabalho ágeis. Você pode usar o gráfico de burnup para gerenciar variações e mitigar atrasos.

Você também pode monitorar e combinar as alterações de escopo na carga de trabalho da equipe. Se usasse um gráfico de burdown, você não conseguiria ver o impacto de qualquer alteração no escopo. Você pode pensar que o projeto estava prosseguindo como deveria.

Mas com essas alterações aparentes em um gráfico de burnup, você pode ajustar ou reduzir a carga de trabalho e alocar recursos conforme necessário. A equipe pode então descobrir soluções rápidas para as outras solicitações.

Como criar um gráfico de burnup para gestão ágil de projetos

Configurar um gráfico de burnup é mais fácil do que criar um gráfico de Gantt. A gente vai orientar você com um passo a passo sobre como criar um para a equipe.

Antes de criar um gráfico de burnup, você precisa saber qual é o escopo do projeto. O escopo ajuda a equipe a identificar todas as tarefas necessárias e estimar a linha do tempo, facilitando a previsão de quantos sprints vão ser necessários.
Veja como criar um gráfico de burnup no Jira Software:

  1. Clique em Projetos. Fica na barra de navegação. Selecione o projeto para o qual você quer criar o gráfico.
  2. Clique em Relatórios. Em seguida, selecione Gráfico de burnup.
  3. Escolha as métricas. Selecione um sprint ou uma métrica diferente para o eixo vertical e clique no menu suspenso.
  4. Faça o eixo x. Coloque o eixo x na parte inferior do gráfico. Repetindo: essa é a linha do tempo de todo o projeto. Ela vai permitir que você veja o tempo necessário para concluir as tarefas. E ajuda a planejar sprints.
  5. Determine o eixo y. Esse eixo percorre o gráfico na vertical. É aqui que você vai marcar o trabalho concluído. Essa medida pode ser um ponto da história em qualquer incremento que você considere apropriado.
  6. Escolha as cores da linha. Não esqueça: essas linhas representam o trabalho concluído e a carga de trabalho de todo o projeto. Use linhas de cores diferentes. Vermelho e verde funcionam melhor.

Monitore com eficácia o progresso de qualquer projeto com um gráfico de burnup

Caso queira se antecipar aos problemas, um gráfico de burnup pode ser melhor para você e para a equipe. Ele vai dar agilidade e ajudar você a monitorar sprints. Você também vai ser mais transparente no monitoramento da carga de trabalho do projeto.

Os gráficos de burnup são ótimos com uma ferramenta de gestão ágil de projetos, como o Jira Software. É fácil criar quadros do Scrum e gráficos de burnup no Jira Software para melhorar o monitoramento do projeto. Assim, você vai alinhar a equipe às tarefas e superar as metas do projeto.

Você também vai poder analisar os projetos concluídos com métricas, informações e relatórios ágeis. Vai ser muito mais fácil planejar o próximo. E a equipe vai colaborar melhor com um fluxo contínuo de informações, resultando em menos trocas de contexto e menos dores de cabeça.

Gráfico de burnup: perguntas frequentes

Como você lê um gráfico de burnup?

Para começar, confira esse exemplo de gráfico de burnup no Jira Software.

Veja como interpretar o gráfico:

  • O eixo vertical é a quantidade de trabalho, representada de várias maneiras, como pontos da história, contagem de itens ou estimativas.
  • O eixo horizontal representa a linha do tempo, medida em dias.
  • A linha vermelha é o escopo do trabalho e a projeção do escopo. Você pode usar isso para identificar qualquer alteração no escopo.
  • A linha verde é um trabalho concluído até o momento no projeto.
  • Há uma linha extra cinza que representa o ritmo ideal do progresso da equipe.

Qual é a diferença entre um gráfico de burnup e um gráfico de burndown?

Embora pareçam semelhantes, gráficos de burnup e gráficos burndown não são nada parecidos. Veja as principais diferenças entre os dois:

  • Os gráficos de burnup monitoram as conquistas. Um gráfico de burndown marca a quantidade de trabalho restante, enquanto um gráfico de burnup mostra quanto trabalho a equipe concluiu. Portanto, a linha em um gráfico de burndown diminui à medida que a equipe termina o trabalho.
  • Não é possível monitorar alterações em gráficos de burndown. Essa é uma desvantagem desses gráficos, porque eles não mostram as alterações no projeto. Assim, você pode ter a falsa impressão de que o projeto está prosseguindo como deveria. Um gráfico de burnup mostra mais informações, e você monitora qualquer alteração no escopo com facilidade.
  • Os gráficos de burnup destacam variações do escopo. Em um gráfico de burnup, você pode adicionar qualquer variação de escopo e considerar o impacto no projeto. Você vai estar mais bem informado para tomar as medidas apropriadas.

Aqui estão algumas diretrizes para escolher qual gráfico usar:

  • Os burdowns são perfeitos para um projeto com escopo fixo. É raro que um projeto tenha um escopo preciso e bem definido. Mas se isso acontecer, use um gráfico de burndown.
  • Os gráficos de burnup são ótimos para fazer a gestão ágil de projetos. Eles monitoram o progresso, mas são flexíveis e se ajustam a qualquer alteração durante um projeto. Portanto, são uma opção melhor para a gestão ágil de projetos.

Os gráficos de burnup podem ser usados em projetos ágeis ou de Scrum?

Sim. Esses gráficos são perfeitos para equipes de gestão ágil de projetos e Scrum. Eles permitem que você preveja melhor, monitore a variação do escopo e acompanhe o progresso. As equipes de Scrum vão ficar mais ágeis conforme surgirem problemas, se adaptando e melhorando com constância.

Elas também são ótimas para monitorar a eficiência da equipe de um sprint para outro. Além disso, você pode criar gráficos de gravação com facilidade usando o Jira Software.