Close
ABN AMRO + Atlassian

ABN AMRO usou o Portfolio for Jira para reestruturar as equipes para uma transformação ágil


Logotipo do ABN Amro
Setor

Serviços financeiros

Localização

Amsterdam, Países Baixos

Número de usuários

20.000

O ABN AMRO, banco holandês, que emprega mais de 20.000 pessoas, começou a usar o Jira Software em 2011 para gerenciar o fluxo de trabalho da sua equipe de engenharia. A adoção da ferramenta foi orgânica e rápida. O resultado foi o surgimento de diversas instâncias do Jira que incluíam 65 administradores, 70 tipos de itens, 500 status exclusivos e mais de 800 fluxos de trabalho.

Quase uma década depois, o banco consolidou as instâncias do Jira no Data Center para reduzir o tempo de inatividade e simplificar a decisão de fazer uma transformação ágil em toda a empresa para atender à evolução das necessidades dos clientes. Mas, como em qualquer empresa desse porte, as dores de crescimento eram muitas.

Na mudança para práticas ágeis, havia questões fundamentais relacionadas à estrutura organizacional e à complexidade da instância do Jira Data Center do ABN AMRO. “A escalabilidade ágil em 400 equipes representou uma falta de flexibilidade entre as equipes, enquanto ideologias, ferramentas e processos ágeis conflitantes ainda estavam presentes, mesmo com a maior parte do fluxo de trabalho acontecendo por meio do Jira Software”, diz Rik de Valk, proprietário do produto da Atlassian no ABN AMRO.

Além disso, dados o tamanho e o escopo da instância, não havia uma maneira clara de analisar o trabalho entre as várias equipes ou projetos nem de entender como estavam interligados para atingir as metas estratégicas da empresa. Baixa flexibilidade e visibilidade resultaram em informações conflitantes.

Rik e seu sócio comercial, Dennis Struis, deram um passo atrás para auditar os processos. Depois de um ano comparando o fluxo de trabalho da empresa com as melhores práticas comprovadas do setor para escalabilidade ágil, eles trilharam um caminho que exigiu uma reformulação organizacional e o uso do Portfolio for Jira.

Reorganização das equipes em escala com o Portfolio for Jira

Rik e Dennis sabiam que precisavam de uma equipe dedicada para influenciar alterações reais. Então, eles começaram construindo uma equipe de liderança com partes interessadas de toda a empresa. Essa equipe de proprietários de produtos, mestres em scrum e campeões do Jira se tornou responsável pela configuração e implementação do Jira Software e do Portfolio for Jira para toda a empresa.

Primeiro, eles abordaram o organograma, criando uma abordagem de “bloco” e “grade” para o trabalho em equipe. A empresa define um bloco como uma equipe ágil (no máximo nove pessoas) que contém todas as habilidades necessárias para entregar valor com autonomia aos clientes do banco. Os blocos (às vezes chamados de “esquadrões”) são renderizados no Jira como projetos.

A reorganização do ABN AMRO aumentou em escala para 5.000 engenheiros trabalhando em 450 blocos, dentro de 50 redes em cinco linhas de negócios. Ágil significa escalável.

Vários blocos são agrupados em grades com objetivos corporativos compartilhados e capacidades relacionadas, representados no Jira pelas categorias de projetos. As grades, às vezes chamadas de “tribos”, são designadas para uma “linha de negócios”. Cada linha de negócios tem os próprios objetivos e segmentos de clientes, mas todos têm sistemas de suporte de TI compartilhados. Por exemplo, uma grade de “hipotecas” seria designada para a linha de negócios “serviços bancários de varejo”. A reorganização do ABN AMRO aumentou em escala para 5.000 engenheiros trabalhando em 450 blocos, dentro de 50 redes em cinco linhas de negócios. Ágil significa escalável.

Ilustração da reorganização das equipes em escala com o Portfolio for Jira

Os planos do portfólio permitem que o ABN AMRO tenha uma visão geral da situação

Embora Dennis, Rik e a equipe de partes interessadas tenham encontrado uma estrutura que apoiasse o trabalho ágil dentro das equipes, eles precisavam planejar e monitorar iniciativas que abrangeriam vários blocos e grades. Então, eles desenvolveram níveis de hierarquia personalizados no Portfolio for Jira, sobre os epics clássicos e de usuários do Jira, que refletiriam as metas comerciais compartilhadas de vários blocos ou grades.

Uma equipe reduzida se reuniu para escolher uma convenção de nomenclatura que usasse os termos mais abrangentes possível que fossem relacionados a histórias para descrever esses novos níveis. O ABN AMRO executa histórias de usuários e epics, junto com o que agora chamam de “episódios” e “sagas”. Um episódio fica em um backlog da grade e pertence ao proprietário dela. Uma saga é uma iniciativa que exige que várias redes cooperem para alcançar objetivos. As sagas ficam em um backlog na linha de negócios e pertencem a ela.

Nessa hierarquia, uma grade converte a estratégia em objetivos e define os episódios exigidos para que sejam alcançados. No backlog da grade no Jira, os proprietários de produtos podem criar, refinar, priorizar, planejar e acompanhar episódios. Todos esses backlogs, da grade e de todos os blocos dentro de uma grade, se juntam em um plano do Portfolio.

Os planos do Portfolio visualizam os blocos da grade em que estão trabalhando, o que está no backlog e como o trabalho de cada bloco é relacionado e, por fim, criam transparência dentro dos blocos, grades e linhas de negócios.

Visualização de blocos, grades e linhas de negócios

A estrutura ágil do ABN AMRO em ação 

A capacidade de decompor metas de negócios de alto nível em itens acionáveis para os gerentes e as equipes com rapidez e efetividade é fundamental para o sucesso das empresas de grande porte como o ABN AMRO. Graças à flexibilidade das categorias de sagas e episódios do ABN AMRO no Portfolio, a empresa está mais bem preparada para lançar iniciativas de negócios importantes. Uma saga dentro do ABN AMRO é uma mudança obrigatória chamada IBANnext, que garante que o banco esteja em conformidade com os padrões bancários internacionais.

O objetivo dessa saga é garantir que até o final de 2019 o ABN AMRO possa criar o próprio IBAN para novos clientes. Essa mudança é fundamental para o sucesso da empresa e impacta sistemas em 100 blocos e 24 redes em um período de um ano e meio.

Depois que todos os proprietários das redes envolvidas foram informados sobre a saga IBANnext e entenderam o impacto nas respectivas redes, eles criaram episódios em listas de pendências. Em seguida, analisaram os episódios com os proprietários do produto para determinar como o roteiro do produto seria afetado. Devido à força dos sistemas que eles criaram por meio do Portfolio, o banco conseguiu dividir esse importante objetivo de negócios em itens acionáveis para líderes de grades e blocos, reduzindo a complexidade e mantendo o impacto.

O Portfolio for Jira ajudou a orientar a transformação ágil do ABN AMRO

Desde sua adoção, o Portfolio for Jira ajudou o ABN AMRO a criar uma estrutura que facilita o trabalho entre várias equipes e vários níveis para os proprietários e gerentes de produtos. Com essa transformação ágil, o ABN AMRO pôde se preparar para o futuro, criando maior transparência em toda a empresa e permitindo que as equipes se destacassem ao oferecer serviços bancários inovadores aos clientes.

Planeje o futuro em um mundo ágil. Experimente de graça o Portfolio for Jira Server e o Data Center!

Logotipo do National Bank of Canada

Conforme a necessidade de mais transparência e colaboração cresceu em toda a empresa, a equipe de gerenciamento de ferramentas de negócios percebeu que os produtos da Atlassian estavam alinhados com a ambição do banco e trabalhou rápido para implementar um plano de escala.

Logotipo da Klarna

A empresa sueca Klarna oferece serviços de pagamento para empresas on-line, transformando a simplificação do processo de compra em arte.