Git LFS

git alias

Nesta seção, o objetivo é falar sobre os aliases do Git. Para entender melhor a importância dos aliases do Git, é preciso saber primeiro o que são. O termo alias é sinônimo de atalho. A criação de um alias é um padrão comum encontrado em outros utilitários populares, como o `bash` shell. Os aliases são usados para criar comandos menores que correspondem a comandos maiores. Eles viabilizam fluxos de trabalho mais eficientes porque exigem menos teclas para a execução de um comando. Por exemplo, considere o comando git checkout. O checkout é um comando do git usado com frequência, o que resulta em muitos pressionamentos de tecla com o tempo. Um alias pode ser criado para que o comando git co seja equivalente ao git checkout, economizando energia humana para digitar ao permitir que a forma menor git co seja digitada ao invés da maior.

Visão geral do git alias

$ git config --global alias.co checkout
$ git config --global alias.br branch
$ git config --global alias.ci commit
$ git config --global alias.st status

O exemplo de código anterior cria atalhos com armazenamento global para comandos do git comuns. A criação dos aliases não vai modificar os comandos originais. Dessa forma, o git checkout ainda vai estar disponível mesmo que o alias git co exista. Esses aliases foram criados com a flag --global, o que significa que vão ficar armazenados no arquivo de configuração de nível do sistema operacional global do Git. Em sistemas Linux, o arquivo de configuração global está localizado no diretório inicial do usuário em /.gitconfig.

    [alias]
        co = checkout
            br = branch
            ci = commit
            st = status

Isso mostra que os aliases agora são equivalentes aos comandos da fonte.

Uso

Exemplos

Como usar aliases para criar novos comandos do Git

Uma tendência do Git é a exclusão de arquivos da área de staging recém-adicionados. Esse efeito pode ser alcançado pelo uso de opções ao comando git reset. Um alias novo pode ser criado para resumir essa instrução e criar uma palavra-chave nova de comando de um alias que seja fácil de lembrar:

git config --global alias.unstage 'reset HEAD --'

O código de exemplo anterior realiza uma nova despreparação de um alias. Assim, permite a invocação do git unstage, que vai executar uma restauração na área de staging. Assim ambos os comandos a seguir ficam equivalentes.

git unstage fileA
$ git reset HEAD -- fileA

Discussão

Como criar aliases do Git?

Aliases podem ser criados por dois métodos principais:

Editar os arquivos de configuração do Git

Os arquivos de configuração locais ou globais aceitam edição e salvamento manual para criação de alias. O arquivo de configuração global está localizado no caminho do arquivo $HOME/.gitconfig . O caminho local está localizado em um repositório do Git ativo em /.git/config

Os arquivos de configuração respeitam uma seção [alias] que é mais ou menos assim:

[alias]
co = checkout

Quer dizer que co é um atalho para checkout

Como usar a configuração do git para criar aliases

Conforme demonstrado antes, o comando git config é conveniente para a criação rápida de aliases. De fato, o git config ajuda a gravar arquivos de configuração locais e globais do Git.

git config --global alias.co checkout

A invocação desse comando vai atualizar o arquivo de configuração global subjacente assim como editado no exemplo anterior.

Resumo dos aliases do Git

Pronto(a) para aprender Git?

Tente este tutorial interativo.

Comece agora mesmo