Close

Mapeamento mental


Explorar diferentes facetas de um problema e organizar suas ideias para chegar a possíveis soluções.

USE ESTA TÁTICA PARA...

Começar bem e manter o ritmo acelerado.

Aumentar suas chances de realizar um projeto único e inovador.

Se você está com dificuldades em relação à prova de conceito , compreensão compartilhada ou foco no cliente no Monitor de Saúde, esta tática pode ajudar.

Leia mais
E EU PRECISO DISSO... POR QUÊ?

Sabe aquele sentimento de estar "empacado"? Admita: você sabe. Todos nós sabemos.

Sua mente se sente empacada porque você precisa produzir ideias e, até agora, você não produziu nenhuma. Ou você se sente empacado porque tem um milhão de ideias girando uma ao redor da outra como um nó cerebral.

O mapeamento mental é uma técnica que ajuda nos dois tipos de "empacamento". Comece com uma pergunta sobre seu problema ou tópico e deixe sua mente vagar. Faça mais perguntas, como "E daí?" e "E se?". E, por estar anotando isso em uma tela em branco, pode agrupar ideias relacionadas ou traçar conexões visuais.

Assim, afie suas habilidades de rabiscar e prepare as setas e as linhas onduladas. Preparar… Apontar… Mapear!

QUEM DEVE ESTAR ENVOLVIDO?

O mapeamento mental é uma tática que você pode fazer sozinho, em duplas ou em grupo. Reúna as pessoas e as funções que você acredita que vão ser mais úteis, mas forme um grupo relativamente pequeno, com seis pessoas no máximo.

/wac/team-playbook/plays/mind-mapping/mindmapping.svg
Equipe de usuários
Pessoas

Uma a seis

Relógio de ponteiro
Tempo

30 min

Dificuldade fácil
Dificuldade

Fácil

A tática na prática

Você pode fazer o mapeamento mental sozinho, em duplas ou em grupo.

Materiais

Quadro branco

Marcadores

Preparação

Comece com uma pergunta crucial para seu tópico ou problema.

Faça uma pergunta mais ou menos específica, por exemplo: "Como podemos facilitar a criação de tópicos no Jira?" é melhor que "Como podemos melhorar os tópicos no Jira?". Cuidado para não escolher uma questão que encurrale seu cérebro em um canto. Por exemplo, "Como podemos introduzir a criação com um clique para tópicos no Jira?".

ETAPA 1

Estimule seu cérebro (5 min)

Escreva sua pergunta no centro do quadro branco.

Agora, escreva todos os pensamentos que vierem à cabeça relativos a essa questão (mesmo que não sejam propriamente uma resposta) Cada pensamento deve ser um balão separado pairando em torno da questão no centro.

Resista à tentação de autocensurar-se ou refletir excessivamente nesse estágio. Deixe rolar.

Dica profissional

Se estiver trabalhando sozinho, a boa e velha estratégia de papel e caneta funciona tão bem quanto um quadro branco.

ETAPA 2

Ramifique (10 min)

Depois de ter um conjunto inicial de ideias, use cada uma para criar uma ramificação de mais ideias. Conecte-as usando círculos, linhas, setas etc. para facilitar a visualização de como elas são mapeadas com relação umas às outras.

Pesquisa de conteúdo
Por exemplo...

Aqui está um mapa mental que a equipe amigona da vizinhança, do Manual de estratégias da equipe, criou esses dias atrás.

etapa 3

Extraia os diamantes (5 min)

Vasculhe seu mapa mental e destaque as ideias que mais fazem sentido para você. Falta alguma coisa? Ou existem ideias que valem a pena explorar mais?

Com um pouco de sorte, você encontrará uma ou duas ideias que o desempaquem e resolvam seu problema. Se for assim, ótimo. Prossiga para o planejamento das suas próximas etapas. Caso contrário, tire uma foto do seu mapa mental e compartilhe-a com a sua equipe para tentar trazê-la para a conversa.

Conseguiu?

Execute uma sessão completa do Monitor de Saúde ou ponto de verificação com a sua equipe para ver se você está melhorando.

Variações

Você pode usar a mesma técnica de balões e linhas para registrar uma discussão em grupo ou o feedback dos colegas em uma sessão de Discussão .

Táticas relacionadas

Discussão

Quer mais do Esquema Tático?

Escreva seu e-mail abaixo para ser o primeiro a saber quando a gente colocar novas táticas e Monitores de Saúde.

Thanks! Now get back to work.

Tem feedback?

Deixe perguntas ou comentários no site da Atlassian Community.