Automação: noções básicas

A automação dá autonomia para que você se concentre nos trabalhos importantes, removendo a necessidade de realizar tarefas manuais e repetitivas, permitindo que as suas equipes automatizem os processos e fluxos de trabalho. Com o construtor de regras simples da Atlassian, é possível definir regras de automação robustas para lidar até mesmo com os cenários mais complexos.

Este guia resume os principais conceitos que você precisa conhecer para começar, ajuda a definir sua primeira regra de automação e esquematiza regras de casos de uso comuns que você pode editar e aplicar nos processos da sua equipe.


Principais conceitos

Regras

As regras permitem a automatização de ações do seu sistema com base em critérios definidos por você. As regras de automação são feitas de três partes: acionadores que ativam a regra, condições que refinam a regra e ações que realizam tarefas no seu site.

Acionadores, condições e ações são os elementos básicos da automação. Combine esses componentes para criar regras que podem fazer qualquer coisa, do encerramento automático de itens antigos à notificação de equipes específicas quando uma versão é lançada.

Um exemplo do construtor de regras exibindo uma regra simples para enviar um e-mail quando um item de alta prioridade for criado.

Acionadores

Toda regra começa com um acionador. Eles iniciam a execução de suas regras. Os acionadores ficam atentos aos eventos no Jira, como quando um item é criado ou o valor de um campo é alterado.

Os acionadores podem ser configurados para serem executados de acordo com um cronograma e personalizados antes da aplicação em uma regra.

Veja a lista de acionadores disponíveis.

A lista de acionadores disponíveis ao criar uma regra: valor de campo alterado, item comentado, item criado, item com transição

Condições

As condições permitem que você reduza o escopo da sua regra. Elas devem ser atendidas para que a regra continue sendo executada. Por exemplo, você pode definir uma regra para encaminhar itens apenas quando eles forem de alta prioridade.

Se uma condição não for atendida, a execução da regra vai ser interrompida e nenhuma ação que segue a condição vai ser realizada.

Veja a lista de condições disponíveis.

A lista de condições disponíveis ao criar uma regra.

Ações

As ações são os executores da sua regra. Elas permitem que você automatize tarefas e faça mudanças no seu site. Além disso, permitem que você realize diversas tarefas, como editar um item, enviar uma notificação ou criar subtarefas.

Veja a lista de ações disponíveis.

A lista de ações disponíveis ao criar uma regra.

Ramificações/itens relacionados

No Jira, é raro que os itens fiquem isolados. Em geral, eles contêm subtarefas, são histórias que fazem parte de um epic maior ou simplesmente estão vinculados a outros itens por determinadas relações. Isso quer dizer que, ao usar a automação, as ações precisam ser aplicadas a todos itens relacionados, não apenas ao item de origem que acionou a regra.

Disponibilizamos condições e ações especiais para criar regras robustas que funcionam em relações de itens complexas. Por exemplo, verificar se todas as subtarefas de um item-pai foram resolvidas.

Saiba mais sobre como trabalhar com itens relacionados.

Como configurar uma ramificação de itens relacionados ao criar uma regra.

Valores inteligentes

Valores inteligentes permitem que você acesse e manipule uma grande variedade de dados de itens no seu site. Eles adicionam potência e complexidade significativas às suas regras. Por exemplo, o valor inteligente {{now.plusDays(5)}} se refere ao período atual e adiciona cinco dias a ele, enquanto {{issue.summary}} imprime um resumo do item.

Saiba mais sobre como usar valores inteligentes.

Agente da regra

O agente da regra é o usuário que executa a regra. Esse usuário precisa ter as permissões relevantes para acionar a regra, além de concluir todas as ações necessárias. Por exemplo, se uma regra que faz um comentário em um item quando é executada for criada, o agente da regra vai precisar ter a permissão "Adicionar comentário". Caso contrário, a regra vai resultar em erro.

No seu site, o agente da regra vai ser definido como Usuário do aplicativo de automação.

Status da regra

Visualize o status de uma regra de automação para identificar se a regra está ativa no momento ou não. Se uma regra estiver inativa, ela não vai ser executada até que seja ativada. O status de uma regra pode ser visto na tela de informações.

  • ativado A regra está ativa no momento.
  • desativado A regra não está em uso no momento.
  • rascunho A regra tem alterações não publicadas.

Saiba mais sobre como ativar e desativar suas regras.

Log de auditoria

Cada uma das suas regras vai ter um log de auditoria que pode ser revisado para verificar quando a regra foi acionada, o resultado final da execução e as ações que foram realizadas.

É possível visualizar o log de auditoria de uma regra individual, das regras de um projeto ou em nível global. Revisar os logs de auditoria é uma maneira eficaz de fazer a depuração das suas regras.

O log de auditoria de uma regra.

Como criar uma regra

Imagine o seguinte cenário. Hoje, quando um bug novo é registrado, é preciso fazer a criação manual das subtarefas adequadas para o item antes que ele seja atribuído a um usuário.

É fácil automatizar esse processo! Você pode criar uma regra simples para adicionar subtarefas automaticamente aos bugs novos e até mesmo atribuir essas subtarefas a um usuário específico.

Um exemplo do construtor de regras exibindo uma regra simples para adicionar automaticamente subtarefas a novos bugs e atribuir a um usuário.

Como criar essa regra

  1. Navegue até as configurações do Automation e selecione Criar regra no canto superior direito.
  2. Selecione o acionador Item criado e clique em Salvar.
  3. Selecione Nova condição e a condição Campos do item.
  4. Configure a condição conforme as instruções a seguir:
    Defina o campo como Tipo de item
    Defina a condição como igual
    Defina o valor a comparar como Bug
    Selecione Salvar.
  5. Selecione a Nova ação e selecione a ação Criar subtarefas.
  6. Configure a ação conforme as instruções a seguir:
    Adicione três subtarefas chamadas Inspecionar código, Solucionar problemas e Resolver.
    Selecione Salvar.
  7. Selecione Nova ação e depois a ação Atribuir item.
  8. Selecione um usuário para especificar o responsável e clique em Salvar.
  9. Dê um nome à regra e clique em Ativar.

Pronto para começar a automatização? Comece criando e personalizando regras no ambiente de repositório livre de riscos da Atlassian.

Pronto para começar a automatização? Comece criando e personalizando regras no ambiente de repositório livre de riscos da Atlassian.