Close

Nuvem vs. ambiente local

Compare a nuvem com ambientes locais e a nuvem fica em primeiro lugar quase todas as vezes, para quase todos os tipos de empresa. Na verdade, 95% dos clientes da Atlassian escolhem a nuvem logo de cara—e 90% daqueles que mudam do ambiente local para a nuvem dizem que recomendam essa mudança.*

Quais são as diferenças? Por que a nuvem é a escolha preferida de tantas equipes? E o que você deve saber ao fazer sua própria escolha entre os dois?

Leia mais para descobrir.

O que é nuvem?

Nos termos mais simples: a nuvem é o software e serviços executados na Internet, em vez de em seu computador pessoal ou em um servidor dedicado em seu prédio ou em um data center. Eles são normalmente acessíveis de qualquer lugar com conexão à Internet por meio de um navegador ou aplicativo móvel.

Muitas empresas de nuvem aplicam um modelo de negócios SaaS (software como serviço), no qual um cliente compra uma assinatura do aplicativo de software do fornecedor e o software é disponibilizado para os usuários do cliente pela internet.

Na maioria dos casos, o fornecedor de SaaS é responsável por manter o desempenho, a hospedagem, o armazenamento e a manutenção do software. E a segurança de dados, privacidade e desempenho de aplicativos são integrados sem exigir upgrades ou gerenciamento por parte da equipe.

Quando os usuários da nuvem falam sobre o que mais gostam na nuvem, este é o tema que sempre surge: ela retira a pressão e a responsabilidade pela manutenção básica das equipes, para que elas possam focar em tarefas mais importantes.

Como Evan Lerer, Diretor de Engenharia na Redfin explica: "Para ser franco, fazer com que nossos engenheiros ou profissionais de TI gerenciem nossos sistemas no local é uma perda de tempo e dinheiro. Se existe uma empresa que já tem produtos incríveis, por que não pedir que eles façam isso? Dessa forma, podemos gastar nosso tempo trabalhando nas coisas em que somos bons..."

O que é um ambiente local?

Onde os serviços em nuvem são fornecidos pela Internet e mantidos pelo fornecedor, os serviços no local são fornecidos por servidores dentro da empresa e mantidos pelas equipes internas.

Com o software local, você compra uma licença com um número predeterminado de usuários (em geral, por um custo inicial mais alto em comparação com um modelo de assinatura). Em seguida, sua equipe de TI gerencia a instalação, hospedagem e gerenciamento contínuo do aplicativo (às vezes com a ajuda do fornecedor ou de um provedor de serviços terceirizado por uma taxa extra). Sua equipe também é responsável por upgrades de software e hardware e por manter a disponibilidade do aplicativo.

Nuvem vs. ambiente local: principais diferenças

A principal diferença entre nuvem e local é onde seu software e dados são armazenados e quem é responsável pela manutenção, upgrades e abordagem dos principais incidentes.

Mas as diferenças não param por aí. Segurança, escalabilidade, custo, capacidade de oferecer suporte a equipes remotas e a velocidade da inovação também diferem do servidor para nuvem, com a nuvem sendo a líder absoluta na maioria, senão em todas as categorias.

Segurança

92% dos clientes da Atlassian dizem que a segurança na nuvem é melhor ou igual à do servidor*. E é preciso dizer que estamos de acordo.

A segurança local típica envolve um único login que fornece acesso para a equipe em qualquer ferramenta necessária. Embora essa abordagem seja agradável e simples, também significa que uma única violação de segurança coloca todo o seu sistema em risco — todos os dados do cliente, todos os dados internos, todo o seu código. O castelo pode parecer seguro do lado de fora, mas assim que o inimigo passar pelos portões, é o fim.

A segurança de nuvem líder (como a da Atlassian), por outro lado, normalmente tem uma abordagem de confiança zero. Isso significa permissões de usuário granulares e verificações de segurança automáticas para cada usuário e cada ferramenta. Com essa abordagem, se um hacker obtiver um login de usuário, ele vai estar limitado apenas aos dados, código e acesso que esse login específico tem. Sem mencionar que o hacker não vai chegar muito longe com o login se o dispositivo ou atividade parecerem suspeitos.

Aspas

A estabilidade e a segurança são muito melhores do que se pode alcançar no local. Ser capaz de escalar com licenças de usuários individuais é muito econômico.

Jarrett Prosser
Engenheiro-chefe, Rollercoaster Digital

Escalabilidade

Outra grande diferença entre nuvem e ambiente local é a escalabilidade.

Com instalações locais, o dimensionamento é sempre limitado pelo tempo da equipe de tecnologia e pelos recursos disponíveis. Se sua base de usuários crescer, as equipes locais vão precisar adicionar mais capacidade de computação às suas máquinas existentes (conhecido como dimensionamento vertical) ou adicionar mais máquinas (conhecido como dimensionamento horizontal).

Dimensione com segurança

Para conseguir isso, você provavelmente vai precisar passar por um longo processo de aprovação, solicitar servidores, configurar balanceadores de carga, deixar as máquinas existentes off-line para um upgrade e reservar tempo nas agendas lotadas das equipes de TI. O processo é manual e precisa ser planejado com antecedência.

Com a nuvem, todo o incômodo dos upgrades manuais desaparece e você pode configurar seus sistemas para fazer a diminuição ou aumento automáticos da escala em instantes. Ou seja, se você tiver um pico de uso inesperado ou uma queda inesperada, os sistemas podem reagir em tempo real. Não são necessárias aprovações ou envolvimento da equipe de TI.

Custo e preços

Depois de migrar do servidor para a nuvem, 36% dos clientes afirmam que o custo total de propriedade (TCO) diminui*. E temos certeza de que esse número é um eufemismo. Porque, na verdade, o ambiente local tem muitos custos ocultos—desde todo o trabalho que a equipe de tecnologia faz para manter sistemas, gerenciar atualizações, monitorar a segurança e otimizar o desempenho até os custos menos visíveis de tempo de inatividade do sistema, provisionamento excessivo e licenças não utilizadas.

Reduza o custo e aumente o lucro

Como dizemos em nosso artigo sobre como aumentar os lucros na nuvem: "A verdadeira questão aqui não é o que é mais barato, mas se você está optando por uma visão ampla ou limitada. Você está comparando apenas os custos iniciais visíveis? Ou olha para o quadro geral, levando em consideração o custo total de propriedade, incluindo tudo, desde tempo do departamento de TI até substituições de servidor? Quando você olha além da ponta do iceberg, você encontra uma longa lista de maneiras como a nuvem economiza dinheiro no longo prazo".

Aspas

O preço era mais caro no curto prazo, mas no longo prazo vai nos poupar dinheiro em custos de gerenciamento reduzidos.

Bryan Kennedy
Diretor de TI, Museu de Ciências de Minnesota*

Gerenciamento de incidentes e tempo de inatividade

Falando em tempo de inatividade, outra diferença entre a nuvem e o servidor é quem está no comando quando ocorre um desastre.

Com as implementações no local, a equipe de TI está encarregada de todos os grandes incidentes — seja durante os horários de pico ou no meio da noite. E o custo médio desses incidentes? Pesquisas dizem que é algo em torno de US$ 5.600 e US$ 9.000 por minuto.

Na nuvem, a responsabilidade por incidentes é transferida para seu fornecedor, o que significa menos estresse (e ligações no meio da noite) para suas equipes. Melhor ainda, se o seu fornecedor tiver uma garantia de tempo de atividade com suporte de um SLA (como os planos Premium e Enterprise da Atlassian), você pode ficar tranquilo, pois o tempo de atividade não ficará abaixo do limite.

Armazenamento

O armazenamento local está sujeito ao espaço finito disponível em seus servidores e deve ser mantido por sua equipe de tecnologia. Na nuvem, obter mais armazenamento é, em geral, uma simples questão de atualizar uma assinatura e todo o armazenamento e backups são mantidos pelo fornecedor.

TRABALHO REMOTO

Embora as instâncias locais possam dar suporte ao trabalho remoto, normalmente é uma dança complexa de máquinas virtuais, VPNs auto-hospedadas e alguns dados que só podem ser acessados no local. A nuvem, por outro lado, foi construída para o trabalho remoto e equipes distribuídas. Os sistemas podem ser acessados com segurança de qualquer lugar, desde que a pessoa tenha uma conexão com a Internet e as permissões adequadas.

Aspas

Nosso principal motivo para a migração foi oferecer um suporte melhor aos usuários remotos. Isso [foi crucial] durante a crise do COVID-19, pois fomos capazes de acessar nosso código de maneira segura, sem usar VPNs da empresa.

Damien Gray
Engenheiro Principal de Óptica Laser, EOS América do Norte*

Locatário único vs. vários locatários

Locatário único é quando apenas uma empresa hospeda seu software em um único servidor. Vários locatários é quando o mesmo servidor é compartilhado por várias empresas.

Com o ambiente local, você é quase sempre o único locatário. Com a nuvem, você pode ser um único locatário com seu próprio servidor dedicado ou pode estar em um sistema com vários locatários, compartilhando um servidor com outros clientes da nuvem.

O benefício do locatário único (seja na nuvem ou no servidor) é o controle e a flexibilidade. Seu servidor é seu e você pode controlar quaisquer requisitos específicos das equipes. Isso também significa que quaisquer picos no poder de computação de outra empresa ou violações em seu sistema não têm impacto na disponibilidade, confiabilidade ou tempo de atividade de seus sistemas.

A opção com vários locatários, por outro lado, é mais acessível, mais eficiente, rápida de escalar e, com o fornecedor certo e uma garantia de tempo de atividade com suporte de um SLA, ainda pode representar um risco muito baixo de tempo de inatividade ou problemas de disponibilidade.

Personalização

Sem surpresa, as implementações locais em que sua equipe de TI tem controle total sobre seus servidores, atualizações e manutenção são, em geral, um pouco mais personalizáveis do que as ferramentas implementadas em nuvem, mantidas e atualizadas por seu fornecedor.

À primeira vista, isso soa como um ponto a favor do ambiente local, mas a gente discorda. Porque a personalização ilimitada vem com algumas desvantagens bastante pesadas. Ao perguntar aos administradores de servidor sobre isso, eles falam sobre soluções complicadas, hacks ruins, configurações abaixo do ideal (ou configurações excessivas), resolução de problemas errados e dívidas de tecnologia que eles nunca conseguem resolver.

Na nuvem, esses problemas são resolvidos com fluxos de trabalho padrão e uma abordagem da personalização como um backup, não como um recurso. Aplicativos e integrações significam que praticamente tudo que os administradores fazem no servidor também pode ser feito na nuvem, mas sem a bagunça.

A nuvem é melhor do que o ambiente local?

A gente acha que sim! Na verdade, a Atlassian aposta tanto na nuvem que há pouco anunciou que vai desativar o software local do mercado em 2024. A nuvem é muito melhor: mais inovadora, segura, compatível com o trabalho remoto e econômica. A gente espera que ela vá continuar superando o servidor nos próximos dois anos.

89% dos nossos clientes afirmam que viram os benefícios da nuvem em seis meses. 60% dizem que a nuvem oferece tranquilidade em relação à manutenção da segurança e upgrades de versão. E 41% disseram que, após a mudança para a nuvem, a satisfação dos funcionários disparou*.

Ainda mais atraente: 90% dos clientes que mudaram do servidor para a nuvem dizem que recomendam a nuvem*.

Nuvem híbrida: o melhor dos dois mundos

E se você não tiver certeza se está pronto para mudar de vez para a nuvem pública? Muitas empresas adotam a abordagem híbrida, hospedando alguns dados na nuvem pública e alguns em uma nuvem privada auto-hospedada. Isso permite que eles armazenem dados atrás de seus firewalls e, ao mesmo tempo, tenham acesso a um ambiente de nuvem pública onde o poder de computação escalável está disponível sob demanda.

Migração para a nuvem

41% dos clientes da Atlassian dizem que migrar do local para a nuvem foi mais fácil do que esperavam*. Se houver uma migração em seu futuro, confira o Centro de Migração na Nuvem da Atlassian, onde você vai encontrar suporte, informações e guias passo a passo para facilitar o processo.

* Com base em uma pesquisa da TechValidate com mais de 300 clientes da Atlassian.

A seguir...

Plataforma Cloud

Acesse o Atlassian Trust Center

Tenha as informações mais recentes sobre segurança, confiabilidade, privacidade e conformidade dos produtos e serviços da Atlassian.

Migração para a nuvem

Saiba mais sobre migração na nuvem

Encontre todos os recursos, as ferramentas e o suporte de que precisa para começar a avaliar se a nuvem é ideal para sua empresa.